Páginas

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Promessas de 21 de dezembro



O último mês do ano é aquele em que todo mundo corre pra tentar fazer tudo que não fez nos outros meses que o antecederam. Bate aquele frio na barriga e quando a gente percebe que não vai dar conta de resolver nem metade das coisas, começamos a fazer as promessas para o novo ano que já está logo ali, prontinho, esperando pra chegar.

Algumas pessoas fazem promessas de Natal, outras fazem uma lista de resoluções para iniciar no dia 1º de janeiro. Eu não fujo à regra, mas embora o Natal e o Ano Novo sejam datas marcantes para términos e inícios de novos ciclos, eu faço promessas de 21 de dezembro.

Não sei exatamente quando isso começou, mas essa data é para mim o que o primeiro dia do ano é para a maioria das pessoas. É o meu Reiveillon antecipado. Sem queima de fogos, mas com muita vontade de festejar.

É o início do verão, a mais colorida e alegre das estações, e também o primeiro dia do trimestre que antecede o meu aniversário. Pode parecer muito tempo ficar na expectativa da comemoração das minhas bodas com a vida por noventa dias, mas é um período no qual eu me preparo para receber o meu novo ano. Preparo meu corpo, minha cabeça e o meu coração.

Faço do dia 21 de dezembro uma grande tela na qual vou apagando o que quero deixar pra trás e em seguida vou pintando aquilo que desejo que se realize. É o meu "caderno da gratidão" e também o meu "cartaz dos sonhos".

Foi o que fiz ontem e, quando o dia 1º de janeiro chegar, eu já estarei cumprindo os termos do acordo que fiz comigo mesma. Porque eu quero, quero muito, que seja um ano verdadeiramente novo, para que eu possa me conhecer e reconhecer, aprender e me reinventar todos os dias.



  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MyFreeCopyright.com Registered & Protected